Dicas de Empregos

Estatística de Desemprego no Brasil

5 (100%) 1 vote

A estatística de desemprego no Brasil tem alcançado números alarmantes neste ano de 2017. Os dados apresentados pelo IBGE, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, apontou números que só subiram, desde o início do ano, chegando ao mês de junho com 6,9% e alcançando, no final de julho, 8,1%.

Esse índice de julho é o maior desde 2009, quando a taxa estava em 8%. Isso significa que, para uma população estimada em 240 milhões de habitantes, o Brasil tem hoje 1,84 milhões de pessoas sem emprego.

publicidade

Estatística de Desemprego no Brasil

Estatística de Desemprego no Brasil

Sabemos que a taxa de desemprego tem baixado nos últimos anos em nosso país, estando, no final de 2014, entre as mais baixas do mundo. Mas, precisamos, primeiro, entender exatamente como é calculada a taxa de desemprego. Esses números podem não espelhar a verdade.

O índice apresentado pelo IBGE não leva em conta os brasileiros que não estão procurando emprego. Pela informação oficial, entre cada 100 brasileiros em idade de trabalho, 53 trabalham, 3 procuram emprego e não encontram e 44 não trabalham e não procuram emprego.

Assim, os dados só levam em conta aqueles que procuram trabalho e não estão encontrando. Embora pareça manipulação, o conceito é adotado no mundo inteiro. O que precisamos entender, nesse caso, é que a informação prestada é que não espelha a verdade, uma vez que, na realidade, praticamente metade da população não tem emprego.

publicidade

Por exemplo, não são considerados desempregados os estudantes, os aposentados, os pensionistas e os que não querem trabalhar, e essa população representa 44% da população ativa do Brasil. E isso reduz drasticamente o índice de desemprego, se considerarmos apenas a população ativa.

Ao considerarmos apenas as pessoas entre 18 e 65 anos, verificando quem realmente está trabalhando e quem não está, independente do fato de estar ou não à busca de empregos, teríamos uma taxa de desemprego absurda.

Indo na mesma direção, encontramos em 2015 um país onde o número de empregos está decaindo. No último levantamento, constatou-se a média brasileira de desempregos, quando se chegou a 8,1% de desempregados, mas somente o Estado de São Paulo, o estado que mais tem condições de oferecer empregabilidade, estava a 9%, ou seja, mais do que a média nacional.

Enquanto isso, o Estado da Bahia apresentava um índice muito mais elevado, ultrapassando os 12%.

As razões para não trabalhar

E, por que, exatamente, milhões de pessoas deixaram de buscar emprego nos últimos anos? As razões são simples, e pelo menos uma delas é positiva. Temos nas escolas mais de dois milhões de universitários e grande parte deles não está procurando emprego, apenas estudando.

Outras razões nos levam a pensar um pouco mais seriamente. Uma parte da população está envelhecendo e, assim, reduzindo a parcela dos que trabalham em relação aos que não trabalham. Como segunda razão, podemos mostrar os benefícios concedidos pelo governo federal, através de programas como o Bolsa Família. Esse benefício, aplicado em locais onde os salários são mais baixos que os benefícios, levam ao desestímulo pela procura de emprego.

A terceira das razões teve algumas mudanças em 2015: trata-se do Seguro Desemprego, que era oferecido a todos os que tivessem sido dispensados sem justa causa, independente do tempo. Assim, quem estava recebendo Seguro Desemprego, não tinha qualquer preocupação em arrumar um novo, enquanto não terminasse de receber o benefício. Saiba mais aqui.

A situação tende a mudar nos próximos meses. Por um lado, teremos uma alta na taxa de desemprego, o que certamente trará condições piores à população. Mas, ao mesmo tempo, estamos com cada vez mais trabalhadores no setor informal, já que também não há mais condições de conceder benefícios que possam desestimular a busca de uma atividade que forneça rendimento econômico.

Desta maneira, possivelmente, teremos uma mudança gradual, mesmo no trabalho informal, trazendo muito mais pessoas ao trabalho.

publicidade
Share this Story
Load More Related Articles

Facebook Comments

Check Also

Vagas de Emprego em Osasco

5 (100%) 1 vote No site Curriculum.com, você pode ...

Nosso site é gratuito e sempre será. Para ajudar a manter o site funcionando, por favor indique aos seus amigos clicando no G+, não custa nada.